Metodologia

Para que seja desenvolvido um Plano de Desenvolvimento Institucional de uma instituição é de fundamental importância que aqueles que irão realizá-lo conheçam antecipadamente uma boa parte do contexto onde está inserida. O desconhecimento de aspectos fundamentais deste contexto pode levar ao desenho de cenários e de estratégias inapropriadas para o futuro, especialmente no caso de um ente tão complexo como a Universidade, que se propõe dinâmica, aberta à sociedade e em permanente processo de desenvolvimento.

Para cada um destes contextos será constituído um grupo de trabalho com a responsabilidade de: preparar subsídios necessários à reflexão da comunidade, tais como informações, parâmetros e fundamentos teóricos, conhecimentos e experiências acumuladas na Universidade e fora dela; propor e conduzir discussões utilizando procedimentos favorecedores da construção coletiva _ métodos, instrumentos e ferramentas que permitam a captação e o processamento de diferentes contribuições; e, sistematizar as propostas recolhidas nas diferentes estratégias utilizadas.

Serão formados cinco grupos, os quais produzirão documentos para enriquecer os debates; proporão procedimentos para apreender as opiniões e contribuições da comunidade; e, formularão propostas sistematizadas que, transformadas em diretrizes comporão o documento final do PDI. Os procedimentos empregados caracterizam-se pela ênfase na participação. Entre outros, serão utilizados consultas, fóruns de discussão e seminários de planejamento, com o objetivo de maximizar o envolvimento de toda comunidade acadêmica, bem como da sociedade.

Cada grupo terá um coordenador que atuará em conjunto com a assessoria técnica. Deste modo, será composto o denominado “grupo de facilitadores”, responsável pela integração permanente entre os grupos, pela discussão dos procedimentos e etapas cumpridas em cada aspecto. Ao longo de todo o trabalho será realizado um trabalho de informação e divulgação das atividades e dos resultados obtidos por meio de um site do projeto, de cartazes e do boletim interno da Universidade (Informa).

A discussão sobre os aspectos acadêmicos começará com um documento-base intitulado “Indicadores de Apoio ao PDI 2013-2017”, elaborado por um grupo de trabalho responsável.

A sistematização das contribuições decorrentes do debate sobre cada um dos aspectos e nos diversos momentos de interação consolidará um raciocínio integrado em relação à instituição. Juntas, as peças do quebra-cabeça, marca do processo, mais do que somar partes, formarão um quadro articulado, do qual será possível extrair os princípios, as diretrizes gerais e as específicas para o desenvolvimento da Universidade.